Aluguel de Temporada para Natal e Réveillon Aluguel de Temporada Caldas Novas

Pesquise Preços

MUNDIAL SUB-23 MASCULINO: Brasil vence a Rússia por 3 sets a 0 e está na final

Postado por Sport Time às 10/12/2013 09:56:00 PM
Aluguel de Temporada Caldas Novas
Seleção brasileira espera pelo resultado de Bulgária e Sérvia para conhecer o adversário deste domingo


UBERLÂNDIA, 12.10.2013 - Se a Rússia era o adversário considerado mais preocupante para o torcedor brasileiro, depois deste SÁBADO (12.10), a história pode mudar um pouco de figura. Apesar das parciais equilibradas, o Brasil bateu a equipe russa por 3 sets a 0 (21/16, 22/20 e 25/23), em 1h13 de jogo válido pela semifinal do Campeonato Mundial Sub-23 masculino de vôlei. Com a vitória, a seleção brasileira chega invicta para a grande decisão, que acontecerá neste DOMINGO (13.10), às 17h30, no ginásio Sabiazinho, em Uberlândia (MG). O adversário sairá do confronto entre Bulgária e Sérvia. O resultado estará disponível no site da CBV logo após a partida.

O Brasil teve bom desempenho nesta noite, especialmente no bloqueio. Foram 15 pontos neste fundamento em três sets. Sete deles, marcados pelo central Matheus. "Como sempre, estudamos bastante o adversário. Fomos dormir sonhando com o que eles fazem e como eles fazem, para, hoje, fazermos o nosso melhor sem dar chances para eles", explicou Matheus.

A volta do capitão da seleção brasileira, Ricardo Lucarelli, embalou a equipe na busca pela vitória. Depois de três jogos fora por um desconforto na panturrilha, o ponteiro retornou, começou como titular e marcou 11 pontos - apenas um a menos do que o maior pontuador do jogo, o oposto Rafael. Feliz com a recuperação e com o resultado, Lucarelli foi um dos que mais comemorou após a partida.

"Infelizmente, não pude jogar algumas partidas, por causa de um incômodo na panturrilha e, agora, que já estou quase 100%, fico feliz de poder ajudar o time nesta vitória. Foi um jogo difícil, mas, no momento em que conseguimos acertar o saque, o jogo saiu. Acho que o saque foi nossa grande arma nessa partida", comentou Lucarelli.

Bem no fundamento citado pelo capitão, o levantador Thiaguinho contribuiu bastante com o resultado positivo. "A minha função no saque é dar ritmo, ou seja, é mais tática do que para pontuar. Acho que fui bem hoje, errei pouco e consegui tirar algumas peças do ataque deles. Estamos de parabéns, jogamos muito bem e estamos na final", comemorou o levantador do Brasil.

Satisfeito com a vitória na semifinal, mas preocupado com a decisão, o técnico Rubinho prefere não escolher qual adversário enfrentar neste domingo. "Acredito que a final será difícil como foi hoje. Entre Sérvia e Bulgária, espero só dificuldade. Hoje, tivemos que recuperar todos os sets, mas nos portamos bem taticamente. Em alguns momentos, facilitamos por cometermos erros não forçados, porém abrimos vantagem e conseguimos recuperar ao longo do jogo", comentou o treinador do Brasil.

Rubinho ainda fez questão de elogiar a realização da primeira edição do Mundial Sub-23. "É muito interessante estarmos trabalhando com jogadores entre juvenil e adulto. É importante continuarmos jogando competições internacionais, já que, o fato de estar competindo, é muito mais importante. Hoje, até mesmo o sofrimento de alternância de placar força uma situação que contribui para o desenvolvimento deles e para uma possível entrada na seleção adulta", finalizou o técnico da seleção brasileira.

O JOGO


O central Otávio fez o primeiro saque do jogo e, depois de uma bola bastante disputada, Lucas Loh explorou o bloqueio e pontuou. A Rússia virou e, após um bom saque, fez 5/1. Neste momento, Rubinho pediu tempo. A conversa surtiu efeito, o Brasil voltou a pontuar e encostou em 4/5. No bloqueio individual do central Matheus, a equipe verde a amarela fez 5/7. Na primeira bola em que o ponteiro Lucarelli atacou no jogo, o Brasil pontuou e fez 6/8. A vantagem russa girou em torno de três pontos (12/9). No bloqueio de Lucas Loh, o Brasil chegou ao empate em 14/14. Foram mais dois pontos consecutivos neste fundamento e, em boa passagem do levantador Thiago no saque, o Brasil fez 16/14. Com Lucarelli pelo meio fundo, 17/15. No final, com o oposto Rafael, a seleção brasileira fechou em 21/16.

A Rússia voltou melhor e colocou três de vantagem logo no início da parcial: 3/1. Depois de um bom saque de Thiago, a bola veio fácil, o central Matheus pontuou e o Brasil virou em 4/3. A equipe da casa ainda chegou a 6/3 e forçou o técnico da Rússia a pedir tempo. A seleção brasileira seguiu melhor e fez 10/8. O adversário buscou e chegou ao empate em 13 pontos. A partir deste momento, o jogo seguiu equilibrado. A Rússia reassumiu o comando do marcador (17/16) e Rubinho parou o jogo. A reta final do set foi disputada, com vantagem para o time visitante (20/19). No bloqueio de Lucarelli, o Brasil fez 21/20. E com outro bloqueio, desta vez de Rafael, a seleção da casa fechou em 22/20.

O Brasil abriu o placar do terceiro set com ponto de saque do central Otávio. Mais um ponto neste fundamento com o levantador Thiago e o Brasil fez 3/1. A parcial ficou equilibrada com o empate em seis pontos. A partir daí, a Rússia abriu vantagem (9/6) e o técnico brasileiro, Rubinho, pediu tempo para orientar os jogadores. A diferença continuou em cerca de três pontos a favor dos russos (11/8). Com mais um ponto de saque de Otávio, o Brasil diminuiu a desvantagem para um ponto e o técnico adversário parou o jogo. A Rússia reagiu e fez 15/11. A diferença caiu e o Brasil encostou em 15/16. No erro do adversário, o time de Rubinho chegou ao empate em 16 pontos. Com Rafael, a seleção brasileira retomou a dianteira do placar (17/16) e com o bloqueio do mesmo jogador, fez 18/16. Os russos não deram facilidade e empataram novamente em 18 e em 21 pontos. No ace de Lucarelli, o Brasil fez 22/21. O final do set foi extremamente disputado e o Brasil fechou em 25/23.

EQUIPES

BRASIL - Thiago, Rafael, Otávio, Matheus, Lucas Loh e Lucarelli. Líbero - Kachel

Entraram - Fernando, Alan e Ricardo

Técnico: Rubinho

RÚSSIA - Safonov, Kovalev, Demakov, Komarov, Krykun e Shchadilov. Líbero - Kabeshov

Entraram - Tisevich, Kulikov e Logunov

Técnico: Sergei Shiliapnov

Outros resultados

O sábado começou com os últimos quatro colocados do Mundial definidos. Egito, Austrália, México e República Dominicana encerraram a participação na competição em nono, décimo, décimo primeiro e décimo segundo, respectivamente.

No primeiro jogo do dia, a Venezuela derrotou a Argentina por 3 seta a 0 (21/18, 21/14 e 21/14), em 58 minutos. O capitão venezuelano Piñerua foi o grande destaque do confronto, com 19 acertos. O oposto foi o maior pontuador da partida.

Na sequência, em 1h13, o Irã levou a melhor sobre a Tunísia por 3 sets a 1 (21/13, 21/18, 18/21 e 21/17). O ponteiro iraniano, Mirzajanpour, foi o maior pontuador do confronto, com 22 acertos.

GALERIA DE FOTOS

http://www.cbv.com.br/v1/imprensa/abrir.asp?id=1840

Acompanhe o Mundial Sub-23 masculino no hotsite

http://www.cbv.com.br/v1/mundials23/mundials23.asp

* De Uberlândia, Minas Gerais, Clarissa Laurence e Rogério Lauback

0 Response to "MUNDIAL SUB-23 MASCULINO: Brasil vence a Rússia por 3 sets a 0 e está na final"

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mídias Sociais Sportime

Siga-nos no Twitter Siga-nos no Facebook Siga-nos no Orkut Siga-nos no YouTube Siga nosso Feed Siga-nos com FeedBurner Siga-nos no Google Friend Connect Siga-nos no Flickr

Vídeos sugeridos

Loading...

Ciclismo de Estrada

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Ciclismo de estrada ou ciclismo em estrada é um tipo de competição esportiva, derivada do ciclismo, disputada em estradas utilizando de bicicletas próprias para este fim que, no Brasil, são conhecidas por Speed...

ciclismo de estrada

Ciclismo de Pista

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

O Ciclismo de pista é um esporte de velocidade que se pratica em pistas especialmente construídas para esta modalidade conhecidas como velódromo...

ciclismo de pista

Mountain Bike

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Mountain Bike, ou Bicicleta de Montanha, é um tipo de bicicleta usado no Mountain Biking, uma modalidade de ciclismo na qual o objetivo é transpor percursos com diversas irregularidades e obstáculos...

mtb

Downhill

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Downhill (descida de montanha, traduzido para o portugues), é uma modalidade do Mountain Bike nascida na California, pelos ciclistas hippies da época, para sair da rotina do asfalto...

downhill

BMX

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

BMX (Bicycle MotoX ou ainda bicycle motocross) é uma forma de ciclismo ou de determinado tipo de bicicleta geralmente que fazem o uso de rodas de 20 cm de raio...

bmx