Aluguel de Temporada para Natal e Réveillon Aluguel de Temporada Caldas Novas

Pesquise Preços

MUNDIAL SUB-23 MASCULINO: Brasil vence a Bulgária e se classifica para as semifinais

Postado por Sport Time às 10/09/2013 10:00:00 PM
Aluguel de Temporada Caldas Novas
Equipe brasileira bateu o adversário por 3 sets a 0 e conseguiu a quarta vitória consecutiva na competição



UBERLÂNDIA, 09.10.2013 - A vitória sobre a Bulgária, até então única equipe do Grupo A sem perder sets, era tudo que o Brasil precisava para garantir a classificação para as semifinais do Campeonato Mundial Sub-23 masculino de vôlei. E, nesta QUARTA-FEIRA (09.10), a equipe comandada pelo técnico Rubinho chegou ao quarto resultado positivo na competição, desta vez, por 3 sets a 0 (21/19, 21,14 e 21/19), em 1h05 de jogo realizado na Arena Sabiazinho, em Uberlândia (MG).

Com grande atuação e, com todos em noite inspirada, a seleção brasileira superou os búlgaros de forma incontestável. O oposto Rafael teve mais um bom desempenho e foi o maior pontuador do confronto, com 16 pontos (nove de ataque, seis de bloqueio e um de saque). O ponteiro Ary, que substituiu o capitão Lucarelli, poupado com leve desconforto na panturrilha, marcou 11 vezes e o outro ponteiro do Brasil, Lucas Loh, 10.

A atuação recebeu elogios do exigente Rubinho. "Taticamente nós fomos muito bem, traçamos um plano e realmente cumprimos a risca. Hoje, tivemos um grau de acerto muito grande dentro do que prevíamos", disse o técnico da seleção brasileira, que explicou a ausência de quem, até o início da competição, era considerado por grande parte da torcida como peça indispensável para as vitórias.

"O Lucarelli há duas partidas sofreu uma joelhada do Thiaguinho na panturilha e está dolorido, por isso achamos melhor poupá-lo. Era importante não arriscar neste momento, uma vez que ainda teremos três jogos no momento em que precisaremos de força total. A nossa meta é vencer o campeonato", afirmou Rubinho.

O ponteiro Ary lamentou a situação do companheiro de equipe, mas destacou o valor do treinador ter todo o grupo à disposição. "O Lucarelli é um jogador fundamental, é o capitão, mas é importante mantermos atletas preparados para conseguir suprir a falta que ele faz. Hoje, entramos com a cabeça boa, estudamos bastante o adversário para fazermos uma boa marcação e tudo que foi mandado pelo Rubinho", comentou Ary.

Para o central Otávio, o time soube como trabalhar para conseguir o resultado positivo diante da Bulgária. "Essa vitória foi muito importante para termos maior tranquilidade no jogo de sexta. Valeu muito o empenho de todos. Estamos sem o Lucarelli, que é uma peça importante, mas o grupo está muito unido. Soubemos ter tranquilidade e trabalhar as jogadas, bater com força quando era necessário e aliviar no momento certo", disse Otávio.

O Brasil soma, agora, quatro vitórias no Mundial Sub-23. Na estreia, bateu a República Dominicana por 3 sets a 0; depois virou sobre a Argentina e venceu por 3 a 2, levou a melhor sobre o Egito, novamente por 3 sets a 0, e, nesta noite, derrotou a Bulgária.

A competição terá uma folga na tabela nesta QUINTA-FEIRA (10.10) e voltará na próxima SEXTA (11.10), quando a seleção brasileira enfrentará a Tunísia, às 19h, novamente na Arena Sabiazinho. A rodada definirá a ordem de classificação para a próxima fase.

O JOGO

O Brasil abriu o jogo com ponto de ataque do central Matheus. A Bulgária pontuou e virou no bloqueio. O set seguiu disputado ponto a ponto. No ace do oposto Rafael, a seleção brasileira fez 5/4. Com outro ponto de saque, desta vez de Otávio, a equipe de Rubinho fez 8/7. No bloqueio, o placar foi para 10/8 e o técnico búlgaro pediu tempo. Na volta, mais um ponto neste fundamento. Com Rafael bem no bloqueio, o Brasil fez 13/11. No ataque potente de Otávio, a equipe verde e amarela, fez 15/13. O Brasil seguiu no comando do placar e fechou o primeiro set em 21/19.

A seleção brasileira começou com ritmo forte e logo abriu 4/1 sobre a Bulgária. O adversário reagiu, encostou no placar, mas o time comandado pelo técnico Rubinho seguiu bem no bloqueio, e com Rafael pontuando neste fundamento, fez 7/4. Em um lance de ajuda, quando o líbero Kachel fez o levantamento, Rafael virou a bola e o Brasil chegou a 12/7. Logo depois, em uma bonita combinação de jogada do levantador Thiaguinho com o ponteiro Ary, o placar foi para 14/7. No bloqueio de Matheus, a equipe brasileira colocou sete de vantagem: 17/10. No erro do adversário, a seleção da casa fechou em 21/14.

O time verde e amarelo também saiu na frente no terceiro set (3/1). A diferença no marcador foi para quatro pontos a favor dos donos da casa em 10/6. Os búlgaros buscaram e reduziram a vantagem para apenas um ponto: 11/10. A Bulgária chegou ao empate em 12 pontos, mas o Brasil reassumiu o comando do jogo em 14/13. Neste momento, a seleção brasileira começou a errar e o adversário passou à frente: 17/16. A reta final do set seguiu equilibrada, com as equipes alternando no comando do placar. No final, melhor para o Brasil, que, no bloqueio, fechou em 21/19.

EQUIPES

BRASIL - Thiago, Rafael, Otávio, Matheus, Lucas Loh e Ary. Líbero - Kachel

Entraram - Fernando, Alan e Ricardo

Técnico: Rubinho

BULGÁRIA - Regin, Yordanov, Dimitrov, Georgiov, Jeliazkov e Penchev. Líbero - Vasiliev

Entraram - Grozdanov, Seganov e Dragiev

Técnico: Dragan Ivanov


Outros resultados

Na primeira partida do dia, entre Austrália e Rússia, o primeiro e o terceiro sets foram equilibrados, mas a equipe europeia impôs sua superioridade técnica e física, e venceu a partida por 3 sets a 0 (21/16, 21/13 e 21/18), em 1h. Dois atletas russos empataram como maiores pontuadores do jogo, os ponteiros Shchadilov e Komarov tiveram 14 acertos cada, com o resultado a Rússia está classificada matematicamente para a semifinal.

O jogo seguinte, entre Irã e Sérvia, teve o duelo entre o melhor bloqueador e o melhor atacante do torneio. Nesta manhã, vitória do ponteiro sérvio Kovacevic, já que seu time venceu por 3 sets a 0 (21/13, 21/13 e 21/19), em 55 minutos. O oposto e capitão do time europeu, Atanasijevic, foi o maior pontuador, com 13 acertos. A vitória também garantiu os sérvios na próxima fase. Nesta SEXTA-FEIRA (11.10), Rússia e Sérvia brigam pelo primeiro lugar do grupo B, às 14h.

No início da tarde, o duelo latino-americano entre Venezuela e México foi vencido pelos venezuelanos, que tiveram mais consistência no ataque, por 3 sets a 1 (21/17, 21/12, 16/21 e 21/15), em 1h15. Apesar da derrota, os mexicanos comemoraram muito o primeiro set vencido pela equipe no Mundial. O oposto venezuelano, Kervin Piñerua, terminou o jogo com o melhor desempenho no ataque com 19 pontos.

Pela abertura da quarta rodada do grupo A, a Argentina passou pelo Egito por 3 sets a 0 (21/18, 21/10 e 21/13), em 58 minutos. Com a vitória a equipe sul-americana segue com chances de classificação para as semifinais, enquanto os africanos estão eliminados. Os argentinos Koukartsev, oposto, e Palacios, ponteiro, empataram como maiores pontuadores da partida, ambos com 12 pontos anotados.

0 Response to "MUNDIAL SUB-23 MASCULINO: Brasil vence a Bulgária e se classifica para as semifinais"

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mídias Sociais Sportime

Siga-nos no Twitter Siga-nos no Facebook Siga-nos no Orkut Siga-nos no YouTube Siga nosso Feed Siga-nos com FeedBurner Siga-nos no Google Friend Connect Siga-nos no Flickr

Vídeos sugeridos

Loading...

Ciclismo de Estrada

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Ciclismo de estrada ou ciclismo em estrada é um tipo de competição esportiva, derivada do ciclismo, disputada em estradas utilizando de bicicletas próprias para este fim que, no Brasil, são conhecidas por Speed...

ciclismo de estrada

Ciclismo de Pista

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

O Ciclismo de pista é um esporte de velocidade que se pratica em pistas especialmente construídas para esta modalidade conhecidas como velódromo...

ciclismo de pista

Mountain Bike

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Mountain Bike, ou Bicicleta de Montanha, é um tipo de bicicleta usado no Mountain Biking, uma modalidade de ciclismo na qual o objetivo é transpor percursos com diversas irregularidades e obstáculos...

mtb

Downhill

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Downhill (descida de montanha, traduzido para o portugues), é uma modalidade do Mountain Bike nascida na California, pelos ciclistas hippies da época, para sair da rotina do asfalto...

downhill

BMX

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

BMX (Bicycle MotoX ou ainda bicycle motocross) é uma forma de ciclismo ou de determinado tipo de bicicleta geralmente que fazem o uso de rodas de 20 cm de raio...

bmx