Aluguel de Temporada para Natal e Réveillon Aluguel de Temporada Caldas Novas

Pesquise Preços

MUNDIAL SUB-23: Brasil vence mais uma e chega invicto para enfrentar a Rússia na semi

Postado por Sport Time às 10/11/2013 10:00:00 AM
Aluguel de Temporada Caldas Novas
Nesta sexta, equipe brasileira bateu a Tunísia por 3 a 0 e enfrentará os russos, que venceram a Sérvia, na próxima fase da competição

UBERLÂNDIA, 11.10.2013 - O Brasil entrou em quadra já garantido nas semifinais do Campeonato Mundial Sub-23 masculino de vôlei e conseguiu a quinta vitória nos cinco jogos disputados na competição que acontece na Arena Sabiazinho, em Uberlândia (MG) até o próximo DOMINGO (13.10). A equipe comandada pelo técnico Rubinho bateu, nesta SEXTA-FEIRA (11.10), a seleção da Tunísia por 3 sets a 0 (21/18, 21/17 e 21/11), em 56 minutos de jogo.

Também nesta sexta, a Sérvia bateu a Rússia por 3 sets a 0 e, após se classificar na primeira colocação do Grupo A, o Brasil enfrentará os russos, que ficaram em segundo do Grupo B. O confronto pela semifinal do Mundial Sub-23 será neste SÁBADO (12.10), às 18h30, novamente no Sabiazinho.

Nesta noite, o treinador brasileiro seguiu poupando o capitão Lucarelli, que sente um desconforto na panturrilha. E o ponteiro foi o único que não entrou em quadra. Todos os demais participaram e pontuaram na partida. O central Otávio e o oposto Rafael foram os maiores pontuadores, com 10 acertos cada um. O ponteiro Lucas Loh ainda marcou nove vezes.

Responsável por seis pontos do Brasil, o ponteiro Ary, que está substituindo Lucarelli, elogia o desenvolvimento da equipe. "Tanto para o nosso time, quanto para a Tunísia, foi um jogo tranquilo. Eles não tinham chances de classificar. Ao longo da competição, conseguimos entrosar mais a nossa equipe, arrumar jogadas e realmente ficar com essa sintonia fina com o levantador", comentou Ary, que prevê dificuldades na semifinal. "A Rússia é sempre difícil, mas vamos estudá-los porque amanhã é a primeira decisão".

Após entrar no terceiro set, o central Leandro Aracaju garante que Rubinho pode contar com todos que tem à disposição. "É sempre bom participar das partidas, entrar e ganhar ritmo de jogo para que todos estejam prontos quando for preciso. O nosso time não é apenas um jogador, todos que estão no banco, quando entram, fazem a sua parte para alcançar a vitória. Tenho certeza que o mesmo vai acontecer amanhã. Vamos entrar concentrados, pois eles têm um time muito bom", disse Aracaju.

Para o técnico Rubinho, chegar invicto a semifinal é importante, mas agora começa o momento ainda mais importante da competição. "O campeonato afunilou e temos que continuar crescendo em tudo. Temos que buscar a vitória e evoluir até o final do Mundial, tanto amanhã, quanto na próxima partida. A equipe se portou bem nesta primeira fase, mas agora amanhã o nível sobe, tanto contra a Rússia, quanto posteriormente", analisou Rubinho, que ainda não sabe se poderá contar com Lucarelli na próxima partida.

"Esperamos que o Lucarelli volte. No jogo de hoje, como já tínhamos classificado, resolvemos poupá-lo novamente. Amanhã faremos alguns testes e treinos pela manhã e veremos como ele estará. Antes de qualquer coisa, temos a preocupação com o jogador. Se ele tiver condições, joga. Caso contrário, não. Até porque a equipe está produzindo muito bem", concluiu o técnico do Brasil.

O JOGO

O central Otávio abriu o placar do jogo a favor do Brasil. O início da partida foi equilibrado, com as equipes trocando pontos (4/4). O set seguiu disputado e as seleções estiveram empatadas em nove pontos. No erro de ataque da Tunísia, a seleção brasileira colocou um de vantagem: 11/10. A reta final do set seguiu da mesma forma, com os dois times alternando no comando do placar. Com uma largadinha do oposto Rafael, o Brasil fez 18/17. Quando a equipe verde e amarela marcou 20/18 com o ponteiro Lucas Loh, o técnico da Tunísia pediu tempo. No lance seguinte, o adversário atacou na antena e o Brasil fechou em 21/18.

O segundo set começou da mesma maneira, bem equilibrado. O Brasil conseguiu abrir dois de diferença (7/5), mas a Tunísia passou a frente em 10/9. Cometendo erros, a seleção brasileira permitiu que o adversário colocasse dois pontos de vantagem: 12/10. No bloqueio do oposto Rafael, o time do técnico Rubinho diminuiu a diferença (14/15). O levantador reserva Fernando entrou e fez um ace, deixando tudo igual: 16/16. O time da casa seguiu melhor e, com o oposto Alan, chegou ao set point (20/17). Com Lucas Loh, o Brasil fechou em 21/17.

Em vantagem no marcador, o Brasil começou melhor no terceiro set. No bom saque de Otávio, abriu 3/1. A seleção da casa seguiu comandando a partida, mas a Tunísia não deixava escapar no marcador (9/7). Com ponto do central Leandro Aracaju, que tinha acabado de entrar, o time verde e amarelo chegou a 12/8. No ace do levantador Thiaguinho, o placar ficou favorável aos donos da casa em 17/9. Aracaju fechou o jogo em 21/11.

EQUIPES

BRASIL - Thiago, Rafael, Otávio, Matheus, Lucas Loh e Ary. Líbero - Kachel
Entraram - Ricardo, Fernando, Alan e Leandro Aracaju
Técnico: Rubinho

TUNÍSIA - Garfi E, B. Othmen M., B. Slimene K., B. Agrebi O., Abdallah M. e Ayech M. Líbero - Hmissi S.
Entraram - Korbosli T., Chekir M. e Bennour R.
Técnico: Mohamed Mounir Gara


Outros resultados

A Austrália abriu a sexta-feira com vitória sobre o México por 3 sets a 1 (21/18, 21/17, 18/21 e 21/19), em 1h26 de partida. O central Mote foi o principal pontuador do jogo, com 15 acertos. O atacante marcou 12 vezes no ataque três no bloqueio.

No jogo seguinte, o Irã precisou de 56 minutos para bater a Venezuela por 3 sets a 0 (21/13, 21/18 e 21/17). O oposto iraniano, Ghara, saiu de quadra como maior pontuador da partida ao marcar 15 vezes.

No confronto que definiria o adversário do Brasil na semifinal, a Sérvia levou a melhor sobre a Rússia por 3 sets a 0 (21/15, 21/16 e 2/18), em 1h01. O oposto Atanasijevic, da seleção sérvia, foi o maior pontuador, com 18 acertos. Com o resultado, a seleção brasileira enfrentará os russos na disputa pela vaga na final.

Na sequência do dia, a Bulgária venceu e tirou da Argentina as chances de seguir a semifinal. Os búlgaros levaram a melhor por 3 sets a 1 (21/16, 16/21, 21/14 e 21/15), em 1h24. Os argentinos perderam, mas tiveram o maior pontuador do confronto: o oposto Koukartsev, com 26 acertos.

O último jogo do dia será entre República Dominicana e Egito. O resultado estará disponível no site da CBV assim que acabar a partida.

GALERIA DE FOTOS

http://www.cbv.com.br/v1/imprensa/abrir.asp?id=1837

Acompanhe o Mundial Sub-23 masculino no hotsite

http://www.cbv.com.br/v1/mundials23/mundials23.asp

* De Uberlândia, Minas Gerais, Clarissa Laurence e Rogério Lauback

0 Response to "MUNDIAL SUB-23: Brasil vence mais uma e chega invicto para enfrentar a Rússia na semi"

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mídias Sociais Sportime

Siga-nos no Twitter Siga-nos no Facebook Siga-nos no Orkut Siga-nos no YouTube Siga nosso Feed Siga-nos com FeedBurner Siga-nos no Google Friend Connect Siga-nos no Flickr

Vídeos sugeridos

Loading...

Ciclismo de Estrada

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Ciclismo de estrada ou ciclismo em estrada é um tipo de competição esportiva, derivada do ciclismo, disputada em estradas utilizando de bicicletas próprias para este fim que, no Brasil, são conhecidas por Speed...

ciclismo de estrada

Ciclismo de Pista

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

O Ciclismo de pista é um esporte de velocidade que se pratica em pistas especialmente construídas para esta modalidade conhecidas como velódromo...

ciclismo de pista

Mountain Bike

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Mountain Bike, ou Bicicleta de Montanha, é um tipo de bicicleta usado no Mountain Biking, uma modalidade de ciclismo na qual o objetivo é transpor percursos com diversas irregularidades e obstáculos...

mtb

Downhill

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Downhill (descida de montanha, traduzido para o portugues), é uma modalidade do Mountain Bike nascida na California, pelos ciclistas hippies da época, para sair da rotina do asfalto...

downhill

BMX

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

BMX (Bicycle MotoX ou ainda bicycle motocross) é uma forma de ciclismo ou de determinado tipo de bicicleta geralmente que fazem o uso de rodas de 20 cm de raio...

bmx