Aluguel de Temporada para Natal e Réveillon Aluguel de Temporada Caldas Novas

Pesquise Preços

Seis meses após pensar em abandonar o BMX, Squel consegue vaga e já sonha com final olímpica

Postado por Sport Time às 6/01/2012 04:28:00 PM
Aluguel de Temporada Caldas Novas
Um acidente na primeira prova do Pan-Americano de Guadalajara fez Squel Stein, atleta brasileira do BMX, pensar em desistir do esporte de vez. Foram seis meses longe da bike refletindo se valeria a pena continuar investindo em uma carreira tão arriscada até que, depois de muitas conversas com a família, o técnico e o preparador físico, ela decidiu voltar a correr. Hoje, depois de ter chegado à final da Copa do Mundo de BMX supercross e conquistado a vaga para a Olimpíada de Londres, Squel não tem dúvidas de que fez a escolha certa.

Durante a semana, o ESPN.com.br traz matérias especiais sobre personagens que estarão em Londres. Desde os 'figurões' e candidatos a medalhas até os menos conhecidos e 'zebras'. Nesta sexta-feira, você conhecerá mais sobre a história de Squel Stein, representante brasileira no Ciclismo BMX.

A grande conquista da atleta brasileira aconteceu exatamente no último domingo, quando Squel Stein conseguiu um excelente resultado na Copa do Mundo e atingiu o ranking necessário para disputar sua primeira Olimpíada – a segunda edição desde que o BMX entrou no programa olímpico como evento do Ciclismo. E o feito a biker se torna ainda maior levando em consideração que ela havia decidido voltar a correr apenas em janeiro deste ano, depois de seis meses sem montar em uma bicicleta.

“Depois do Pan de Guadalajara, eu fiquei até janeiro sem andar de bike, só fazendo academia, porque não sabia se eu iria voltar a competir ou não. Depois, quando consegui vaga para a Olimpíada, só fiquei pensando: imagina se eu tivesse desistido?”, contou a atleta, em entrevista aoESPN.com.br.

O acidente que quase fez Squel desistir do BMX aconteceu em outubro do ano passado, quando disputava a eliminatória ainda na primeira bateria. Ela caiu e bateu a cabeça no chão, foi levada para o hospital onde foi constatada uma lesão cervical. “Foi muito difícil porque pensei em parar de andar pelo fato de ter sido uma lesão grave. Se fosse uma pancada mais forte ou se eu não estivesse com o equipamento adequado, eu poderia estar de cadeira de rodas. Comecei a pensar: até que ponto vale a pena?”, relatou.


Squel supera medos e vai à Olimpíada de Londres

E a dúvida de Squel durou até janeiro deste ano, quando finalmente ela superou seus medos de lesão e decidiu voltar a correr no BMX. O retorno foi gradativo e as primeiras provas, no início deste ano, foram um ‘fiasco’, como ela mesma gosta de definir.

“Voltei em uma prova no Chile e voltei daquele jeito, né... no primeiro dia fui para a final e cheguei em sexto e no outro dia nem fui para a final. Foi frustrante, mas aí pensei que se eu estava nessa, eu teria que estar firme e aí comecei a treinar forte”.

Quatro meses depois de voltar a correr, Squel participou da Copa do Mundo de BMX Supercross em Birmingham e, lá, era sua última chance de conseguir vaga para os Jogos de Londres. Com o objetivo de alcançar as semifinais – que já lhe garantiriam a classificação para a Olimpíada -, a brasileira de 20 anos foi ainda mais longe e conseguiu chegar à final, terminando a competição com o sexto lugar geral.

“Ir para a final do Mundial era um feito que nenhuma menina do Brasil tinha conseguido, então eu queria chegar na semi porque me garantia na Olimpíada. Quando eu consegui a semi, eu já nem acreditei. Ainda consegui ir para a final e acho que só quando passei a linha de chegada da final caiu a ficha de que eu iria para Londres”, explicou.

Classificada para os Jogos Olímpicos, Squel já traça seu objetivo: chegar à final da competição. Sabendo das dificuldades que enfrentará nas pistas em Londres, a brasileira sonha em estar na decisão para, quem sabe, surpreender e até acabar ‘beliscando’ uma medalha.

“Meu objetivo era estar na Olimpíada, cada passo de cada vez. Tenho o objetivo de conseguir estar na final e só isso já vai ser uma coisa muito boa. Mas no BMX nunca se sabe quem vai ganhar, então minha meta é chegar na final e, chegando, é pensar no top 3. Acho que tem que pensar positivo”, disse a atleta, que elegeu Austrália, Estados Unidos e França como os principais adversários nos Jogos de Londres.

A preparação da brasileira para a Olimpíada está acontecendo majoritariamente fora do Brasil, já que no país não há pistas nos padrões dos Jogos. Ainda assim, ela se mostra bastante empolgada para disputar a competição pela primeira vez e respira aliviada por não ter desistido do BMX: “Acho que eu nunca iria me perdoar porque meu futuro estava na Olimpíada! Agora já superei medo de lesão porque qualquer outro esporte tem seu risco e estamos aí para isso, para superar medos. A cada corrida, você se supera então, eu estou tranquila porque sei que vou dar meu melhor”, concluiu.

Fonte: ESPN

0 Response to "Seis meses após pensar em abandonar o BMX, Squel consegue vaga e já sonha com final olímpica"

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mídias Sociais Sportime

Siga-nos no Twitter Siga-nos no Facebook Siga-nos no Orkut Siga-nos no YouTube Siga nosso Feed Siga-nos com FeedBurner Siga-nos no Google Friend Connect Siga-nos no Flickr

Vídeos sugeridos

Loading...

Ciclismo de Estrada

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Ciclismo de estrada ou ciclismo em estrada é um tipo de competição esportiva, derivada do ciclismo, disputada em estradas utilizando de bicicletas próprias para este fim que, no Brasil, são conhecidas por Speed...

ciclismo de estrada

Ciclismo de Pista

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

O Ciclismo de pista é um esporte de velocidade que se pratica em pistas especialmente construídas para esta modalidade conhecidas como velódromo...

ciclismo de pista

Mountain Bike

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Mountain Bike, ou Bicicleta de Montanha, é um tipo de bicicleta usado no Mountain Biking, uma modalidade de ciclismo na qual o objetivo é transpor percursos com diversas irregularidades e obstáculos...

mtb

Downhill

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Downhill (descida de montanha, traduzido para o portugues), é uma modalidade do Mountain Bike nascida na California, pelos ciclistas hippies da época, para sair da rotina do asfalto...

downhill

BMX

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

BMX (Bicycle MotoX ou ainda bicycle motocross) é uma forma de ciclismo ou de determinado tipo de bicicleta geralmente que fazem o uso de rodas de 20 cm de raio...

bmx