Aluguel de Temporada para Natal e Réveillon Aluguel de Temporada Caldas Novas

Pesquise Preços

A Vuelta e os ciclistas

Postado por Sport Time às 1/14/2012 12:28:00 AM
Aluguel de Temporada Caldas Novas
A Vuelta, tal como outras grandes competições internacionais, e mesmo internas, como a nossa Volta a Portugal, regionalizou-se e passou a ser uma questão apenas do norte de Espanha. Diríamos, mesmo que parece que o mapa foi cortado ao meio, como que a dizer onde estão as zonas mais produtivas, mais ricas e industrializadas do país vizinho.



Será um pouco do que se passa no nosso país. Mas se o Tour luso, se resume apenas a cerca de nove ou dez dias de corrida, o que complica quando se quer uma Volta completa em tão poucos dias, em Espanha as três semanas de prova poderiam para esticar um pouco mais o percurso.
Mas é no norte, quer seja de Espanha ou de Portugal, que está o dinheiro e o entusiasmo pela modalidade. É no norte que estão as montanhas, e o público mais fiel.

Lá, como cá, os problemas são os mesmos, numa altura particularmente difícil para o ciclismo dos dois países : em Espanha restam apenas duas equipes World Tour, uma das quais a viver praticamente com 60% do seu orçamento de dinheiros públicos, a Euskadi, e outras duas continentais profissionais, a Caja Rural com uma gestão equilibrada e outra , a Andaluzia que teve enormes dificuldades em estar na estrada, reduzindo o seu orçamento em 30%.
Pouco, muito pouco, se tivermos em linha de conta que as duas outras equipes continentais UCI são muito limitadas, a Orbea e o Burgos.

Os problemas são pois comuns aos dois países, reduzidos que estamos, em Portugal a quatro equipes, a uma redução de provas e dias das competições que vão aguentando a crise, que complicam a vida de uma quantidade alargada de ciclistas, condenados prematuramente ao desemprego e abandono precoce.

Embora comuns, no que aos problemas diz respeito, nem por isso, os dirigentes das duas federações resolveram, entre si, proporcionar às equipes restantes, a possibilidade da existência de um calendário ibérico, o que proporcionaria excelentes oportunidades para as equipes continentais UCI e de clubes, poderem desfrutar de um calendário, rico, variado e atractivo do ponto de vista desportivo e até comercial.

Este entendimento poderia proporcionar uma alternativa competitiva, a um ciclismo que, cada vez vê o seu calendário e a oportunidade de participação em provas, cada vez mais limitado, com exceção, está claro das equipes World Tour.

Os problemas, embora agudizantes, parecem passar despercebidos, a quem tinha obrigação de se preocupar e de zelar um pouco mais pelo ciclismo, nos dois países.

Mas a Vuelta, edição 67 irá ser dura, por força do tal norte, tão dura que obrigou Miguel Indurain a reconhecer que, mesmo na plenitude das suas faculdades nunca seria capaz de vencer uma competição tão “empinada”.

“ Há demasiadas chegadas em alto e muito poucos kms de C/RI.No norte de Espanha as etapas são mais nervosas, o que aumenta o índice de competitividade.

A Vuelta apresenta novidades, em especial no que a montanha diz respeito, com uma chegada inédita, nas Astúrias, da qual já aqui falamos em edição anterior, Cuitu Negro, logo considerada a etapa raínha da prova, sem esquecer a Bola do Mundo.

O problema que se coloca na dureza dos percursos, repercute-se, naturalmente em dois aspectos essenciais: para o público, principalmente o que assiste pela televisão, o espectáculo é entusiasmante, para os ciclistas o grau de exigência é cada vez maior, e repercute-se, naturalmente na sua incapacidade de resposta. Isto é, um ciclista que completa uma prova de três semanas, muito dificilmente reúne condições para discutir outra competição do mesmo tipo.

Queremos com tudo isto dizer, a hipocrisia reinante que se marimba para o elo mais fraco do sistema: os ciclistas, que muitas vezes para defenderem a sua integridade física, a sua capacidade de recuperação e, também ,o seu posto de trabalho recorrem a praticas menos licitas, de forma a superar o aumento crescente das dificuldades.

A Vuelta disputar-se-á de sábado 18 de agosto a domingo 9 de setembro de 2012 e contará com 21 etapas, e um total de 3.300 quilómetros.

Características :

10 chegadas em alto.
2 jornadas de descanso
16 kilómetros de C/REquipes.
40 kilómetros de C/RI
37 contagens de montanha.

As dez chegadas em alto são as seguintes:

Arrate (3ª etapa), Valdezcaray (4ª), El Fuerte del Rapitán (6ª), Coll de la Gallina (8ª), Mirador de Ézaro (12ª), Los Ancares (14ª), Lagos de Covadonga (15ª), Cuitu Negro (16ª), Fuente Dé (17ª) e La Bola del Mundo (20ª.

0 Response to "A Vuelta e os ciclistas"

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mídias Sociais Sportime

Siga-nos no Twitter Siga-nos no Facebook Siga-nos no Orkut Siga-nos no YouTube Siga nosso Feed Siga-nos com FeedBurner Siga-nos no Google Friend Connect Siga-nos no Flickr

Vídeos sugeridos

Loading...

Ciclismo de Estrada

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Ciclismo de estrada ou ciclismo em estrada é um tipo de competição esportiva, derivada do ciclismo, disputada em estradas utilizando de bicicletas próprias para este fim que, no Brasil, são conhecidas por Speed...

ciclismo de estrada

Ciclismo de Pista

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

O Ciclismo de pista é um esporte de velocidade que se pratica em pistas especialmente construídas para esta modalidade conhecidas como velódromo...

ciclismo de pista

Mountain Bike

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Mountain Bike, ou Bicicleta de Montanha, é um tipo de bicicleta usado no Mountain Biking, uma modalidade de ciclismo na qual o objetivo é transpor percursos com diversas irregularidades e obstáculos...

mtb

Downhill

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Downhill (descida de montanha, traduzido para o portugues), é uma modalidade do Mountain Bike nascida na California, pelos ciclistas hippies da época, para sair da rotina do asfalto...

downhill

BMX

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

BMX (Bicycle MotoX ou ainda bicycle motocross) é uma forma de ciclismo ou de determinado tipo de bicicleta geralmente que fazem o uso de rodas de 20 cm de raio...

bmx