Aluguel de Temporada para Natal e Réveillon Aluguel de Temporada Caldas Novas

Pesquise Preços

Perigo na ciclorrota da Lapa, Zona Oeste de São Paulo

Postado por Sport Time às 12/26/2011 06:56:00 PM
Aluguel de Temporada Caldas Novas
A rota de bicicleta inaugurada na semana passada tem, no lugar de ciclistas, carros e ônibus.

O DIÁRIO SP testou na última quinta-feira pela manhã a ciclorrota da Lapa, na Zona Oeste de São Paulo, entregue pela Prefeitura na semana passada. Ao contrário de ciclovias e ciclofaixas, as rotas de bicicleta pressupõem o compartilhamento de vias públicas por veículos automotores e bicicletas. Existem outras duas ciclorrotas grandes em operação na cidade. Ficam no Brooklin, Zona Sul, e Mooca, Zona Leste.

O circuito começa na Avenida Pe. Pereira de Andrade, no Alto de Pinheiros, na frente do Parque Villa-Lobos. A placa anunciando a “rota de bicicleta”, porém, foi colocada no primeiro poste, muito perto de uma árvore, que a encobre. Seria melhor no segundo poste, para alertar os motoristas.

O primeiro trecho, em subida, é arborizado e sem trânsito. Chega-se à movimentada Avenida Queiroz Filho, caminho para o Alto da Lapa. Ônibus e automóveis ocupam a Avenida Diógenes Ribeiro de Lima. Intimidam o ciclista. Tive de subir na calçada em determinado momento.

Na esquina da Diógenes com Rua Dr. José Elias não dá para saber por onde seguir. O certo é ir pela Diógenes. Após o Pelezão, o clube municipal, a rota percorre vias tranquilas e arborizadas. É a melhor parte.

Sinalização horizontal / A ciclorrota só tem praticamente sinalização vertical, ou seja, placas em postes, conhecidas por seu alto custo. Se o critério fosse a sinalização horizontal, isto é, pintura no asfalto, como nos Estados Unidos, por exemplo, os custos seriam muito inferiores e haveria mais eficiência na comunicação aos motoristas, que em parte do trajeto simplesmente desconhecem estar numa rota de bicicleta.

Cheguei à Lapa. A Rua Tito tem movimento e ônibus. Preocupa. Na Rua Manoel Jacinto do Rego, a placa vertical está encoberta por uma árvore. Na Rua Fábia, o ciclista tem a opção de seguir pela Rua Vespasiano. Segui pela Fábia. Outra placa encoberta. O condutor de veículo automotor não fica sabendo da ciclorrota.

Alcancei o bairro da Pompeia. Na Rua Coriolano, tive de dividir a via com os ônibus. O melhor a fazer é pedalar rapidinho e sair de lá. As ruas são cheias de carros. Mais um pouco e entrei em Perdizes. Impossível não andar entre os automóveis, como se a bicicleta fosse uma moto, na Rua João Ramalho. O trânsito é insuportável.

Na Rua Turiaçu, também repleta de ônibus, faltava a instalação da última placa vertical, quase na esquina da Rua Dona Germaine Burchard. O ciclista, desavisado, poderia continuar reto em vez de virar à direita para ter acesso ao Parque da Água Branca, o final da ciclorrota. Percorri o circuito de 10 quilômetros em uma hora, contando as paradas para tomar notas. Cheguei à Água Branca às 10 horas. Fiz o percurso sozinho, sem cruzar outro ciclista.

São Paulo tem 48 quilômetros de ciclorrotas. A cidade dispõe de 47,2 quilômetros de ciclovias e 45 de ciclofaixas de lazer, abertas aos domingos e feriados. Por fim, possui 3,3 quilômetros de outra experiência, a ciclofaixa de Moema, na Zona Sul.

Apesar de as ciclorrotas municipais terem caráter experimental, o prefeito Gilberto Kassab já anuncia a ampliação dos circuitos. Ele descartou o risco de acidentes nos trajetos. Segundo o prefeito, as rotas de bicicleta “têm um certo controle de segurança”. Para Kassab, “elas são identificadas e obedecem a alguns critérios”.

Na ciclorrota, 30km/h é a velocidade máxima
A informação é da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), embora placas na rota de bicicletas da Lapa apontarem o limite de 50 km/h. Além deste circuito, o do Brooklin e o da Mooca, a empresa municipal considera como ciclorrotas 6,5 quilômetros em Moema e 560 metros na região do Butantã/USP.

143,5
quilômetros para bicicletas existem na capital paulista


Ciclovias e ciclofaixas de lazer são sucesso
A CET divulgou que as principais ciclovias paulistanas, segregadas fisicamente das pistas usadas por veículos automotores, estão na Radial Leste (12 quilômetros), Marginal do Rio Pinheiros (14) e Adutora Rio Claro, em São Mateus, na Zona Leste (7 ). Já as ciclofaixas de lazer (abertas aos domingos e feriados) interligam os parques Villa-Lobos, do Povo, Ibirapuera, das Bicicletas e o futuro Parque Clube do Chuvisco, nas Zonas Sul e Oeste da cidade. Elas são um sucesso de público.

40 mil
ciclistas utilizam as ciclofaixas de lazer aos domingos

0 Response to "Perigo na ciclorrota da Lapa, Zona Oeste de São Paulo"

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mídias Sociais Sportime

Siga-nos no Twitter Siga-nos no Facebook Siga-nos no Orkut Siga-nos no YouTube Siga nosso Feed Siga-nos com FeedBurner Siga-nos no Google Friend Connect Siga-nos no Flickr

Vídeos sugeridos

Loading...

Ciclismo de Estrada

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Ciclismo de estrada ou ciclismo em estrada é um tipo de competição esportiva, derivada do ciclismo, disputada em estradas utilizando de bicicletas próprias para este fim que, no Brasil, são conhecidas por Speed...

ciclismo de estrada

Ciclismo de Pista

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

O Ciclismo de pista é um esporte de velocidade que se pratica em pistas especialmente construídas para esta modalidade conhecidas como velódromo...

ciclismo de pista

Mountain Bike

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Mountain Bike, ou Bicicleta de Montanha, é um tipo de bicicleta usado no Mountain Biking, uma modalidade de ciclismo na qual o objetivo é transpor percursos com diversas irregularidades e obstáculos...

mtb

Downhill

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

Downhill (descida de montanha, traduzido para o portugues), é uma modalidade do Mountain Bike nascida na California, pelos ciclistas hippies da época, para sair da rotina do asfalto...

downhill

BMX

Postado por Simone Alves em 01/02/2009

BMX (Bicycle MotoX ou ainda bicycle motocross) é uma forma de ciclismo ou de determinado tipo de bicicleta geralmente que fazem o uso de rodas de 20 cm de raio...

bmx